quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Sua casa sob um novo ângulo

Quem ainda não assistiu não pode perder. O filme HOME – O Mundo é a Nossa Casa, do fotógrafo Yann Arthus-Bertrand, é o mais belo e contundente manifesto em defesa da Terra, da preservação ambiental e de uma mudança em nossos atuais hábitos de consumo. As cenas aéreas captadas ao longo de 18 meses de trabalho do fotógrafo francês são de uma beleza sensibilizante. As imagens, aliadas a um texto de poderoso poder de convencimento – sem ser catastrofista – faz de HOME um eficiente instrumento de comunicação e denúncia sobre a atual condição de degradação ambiental do planeta, a exemplo de Uma Verdade Inconveniente, de Al Gore. HOME, que tem a produção assinada por Luc Besson, foi lançado para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente – 5 de junho.

Mas como assistir ao filme?

Bom, uma boa conexão facilita as coisas. Note aqui que o Youtube mantém um canal exclusivo para o filme, porém não há uma versão disponível em português. Estão em espanhol, francês, alemão e inglês, algumas legendadas e outras dubladas. A baixa qualidade do vídeo no Youtube, porém, não faz justiça à grandiosidade do trabalho de Arthus-Bertrand. Se você tem instalado em seu computador o programa uTorrent (aqui você acha o programa para instalação – gratuitamente), não hesite em baixar o filme. Os arquivos são grandes e podem demorar até uma semana para o download se completar. Mas vale a espera.

O release (versão) mais baixado do Mininova está aqui, com o áudio original e qualidade que se aproxima do HDTV. A legenda que provavelmente de adaptará ao release (ainda não deu para testar) está aqui. Para rodar a legenda, baixe e instale o programa VobSub 2.23. É preciso salvar o arquivo da legenda na mesma pasta do filme e com exatamente o mesmo nome. Um Codec talvez seja necessário. Ele está aqui.

Neste release aqui, encontrado no The Pirate Bay, o texto está dublado em português de Portugal.

Não está familiarizado com as novidades internéticas? Aqui a Fnac vende o DVD – as legendas estão em português – pela bagatela de 4,99 euros. Mas tem frete.

Nenhum comentário: